Mia Couto

E Vicipaedia
Salire ad: navigationem, quaerere
Mia Couto
António Emílio Leite Couto
Mia Couto
Scriptor Mia Couto
Natus 5 Iulii 1955
Beirae (Mozambicum)


Mia Couto (natus Beirae die 5 Iulii 1955, e familia Lusitaniae) est Mozambici scriptor.

Ab anno 1998 adest in Academia Brasiliana Litterarum.

Opera selecta[recensere | fontem recensere]

  • Vozes Anoitecidas (1ª ed. a Associação dos Escritores Moçambicanos, anno 1986; 1ª ed. Caminho, anno 1987;
  • Cada Homem é uma Raça (1ª ed. a Caminho anno 1990; 9ª ed., 2005)
  • Estórias Abensonhadas (1ª ed. a Caminho, anno 1994; 7ª ed. em 2003)
  • Contos do Nascer da Terra (1ª ed. a Caminho, anno 1997; 5ª ed. em 2002)
  • Na Berma de Nenhuma Estrada (1ª ed. a Caminho anno 1999; 3ª ed. em 2003)
  • O Fio das Missangas (1ª ed. a Caminho anno 2003; 4ª ed. em 2004)

Decorationes[recensere | fontem recensere]

  • 1995 - Prémio Nacional de Ficção - Associação dos Escritores Moçambicanos
  • 1999 - Prémio Vergílio Ferreira
  • 2001 - Prémio Mário António - causa libris O último voo do flamingo
  • 2007 - Prémio União Latina de Literaturas Românicas
  • 2007 - Prêmio Passo Fundo Zaffari e Bourbon de Literatura, in die Jornada Nacional de Literatura
  • 2012 - Prémio Eduardo Lourenço 2011[1]
  • 2013 - Prémio Camões 2013 [2].

Notae[recensere | fontem recensere]

  1. Informação pagina Centro de Estudos Ibéricos.
  2. Escritor Mia Couto ganha Prémio Camões

Nexus externus[recensere | fontem recensere]


David's face Haec stipula ad scriptorem spectat. Amplifica, si potes!